Trabalho infantil é tema de palestra; concurso de desenho sobre o assunto é lançado em Araquari

Por Maiara Maduro
19/07/2018 21:15

O evento aconteceu na tarde desta quarta-feira, 18, no auditório do Instituto Federal Catarinense campus Araquari e contou com a presença de autoridades, professores e a comunidade. A palestra faz parte do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem. Idealizado pela Justiça do Trabalho, conta com o apoio da Prefeitura de Araquari, por meio da Secretaria de Educação, o projeto tem como foco a erradicação do trabalho infantil no Brasil e da adequada profissionalização do adolescente. 

Segundo dados da Justiça do Trabalho, há mais de 2,7 milhões de crianças e adolescentes brasileiras em situação de trabalho infantil - 96 mil apenas em Santa Catarina.  O juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª jurisdição de Santa Catarina, Silvio Rogério Schneider, abriu o evento e as magistradas Andrea Haus Bunn e Patricia Sant'Anna, presidente da AMATRA – Associação dos Magistrados do Trabalho e gestora de 1° grau da campanha, respectivamente, ministraram a palestra sobre o tema. 

Durante o evento, foi feito também o lançamento oficial do concurso de desenho com o tema “Criança não trabalha: lugar de criança é na escola.” Araquari é uma das 12 cidades do Estado que participam do concurso, que é voltado para as turmas de 3º e 4º ano. A premiação, para cada município, será uma bicicleta e uma caixa de lápis de cor para cada um dos três primeiros colocados. 

A adesão ao Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem resultou às escolas da rede municipal, camisetas para os professores das turmas participantes do concurso, bem como livros e gibis sobre o tema. Em seu discurso, o prefeito de Araquari, Clenilton Carlos Pereira, parabenizou a iniciativa e declarou apoio a esta causa. “É nosso dever enquanto governo proporcionar a efetividade da infância. Criança tem que aprender, brincar e ser feliz.”

Download das fotos em alta resolução
Carregando