Vacinação contra gripe começa segunda, 23; em Araquari, seis postos devem vacinar sete mil moradores

Por Maiara Maduro
21/04/2018 13:51

Nesta segunda-feira, 23, até o dia 1º de junho, a Secretaria Municipal de Saúde de Araquari (SMS) oferece a imunização contra o vírus da influenza (gripe) em seis postos de vacinação. Nesta 20ª edição da campanha, o Município deve vacinar sete mil moradores que fazem parte do grupo de risco: crianças de seis meses a cinco anos de idade, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, idosos, professores e pessoas com morbidade.

A campanha é realizada todos os anos na segunda quinzena de abril, mês que antecede o inverno, considerado o período de sazonalidade da doença. No dia 12 de maio, será o sábado Dia D de mobilização nacional. Neste dia, os postos de vacinação estarão abertos das 8h à 17h, sem fechar para o almoço. A meta é alcançar uma cobertura de pelo menos 90%. 

A enfermeira do Departamento de Vigilância Epidemiologica da SMS, Ana Paula dos Reis, explica que os profissionais de saúde e professores devem levar um comprovante no momento da vacinação, podendo ser o crachá ou folha de pagamento. “Já as pessoas com morbidade que fazem tratamento nas unidades de saúde do Município não precisam de comprovação, somente aqueles que fazem tratamento de saúde na rede particular, por exemplo, devem trazer indicação da vacina feita pelo médico responsável.”

Neste ano, em Santa Catarina, a vacinação contra o tétano também será intensificada durante o período de campanha contra a gripe, especialmente para os adultos, grupo que apresenta baixa cobertura vacinal. Quem não tiver carteira de vacinação, ou a tiver perdido, também pode procurar o posto de saúde para tomar a vacina.

No ano passado, 12 casos de tétano acidental foram confirmados no Estado, sendo a maioria entre pessoas maiores de 50 anos, dos quais 4 evoluíram para óbito. Isso representa uma taxa de letalidade de 33,3% acima da taxa nacional, que foi de 32,6%. A vacinação é a única maneira de evitar a doença, mas é preciso tomar três doses para garantir a imunização, com reforço a cada dez anos.

Confira os locais de vacinação:
 
Unidade de Saúde Maria de Fátima Silvano - Centro
Unidade de Saúde Joaquim Monteiro Cabral - Porto Grande 
Unidade de Saúde Rosalina Modesta da Costa – Itapocu
Unidade de Saúde João Antônio Ignácio – Rainha
Unidade de Saúde Nicanor Corrente - Itinga I
Unidade de Saúde Geny Westrupp – Itinga II

Horário de atendimento para vacinação:  

Segunda a sexta-feira: 8h30 às 12h e das 13h às 16h30

Download das fotos em alta resolução
Carregando