Prefeitura firma parceria com a Mineração Veiga para construção de ponte sobre o Rio Piraí

Por Jonatar Evaristo
11/11/2017 20:55

Um termo de cooperação técnica firmado ontem, 10, entre a Prefeitura de Araquari e a Mineração Veiga, vai garantir a construção de uma ponte sobre o Rio Piraí, localizado no bairro Corveta, e permitir a ligação até localidade do Guamiranga, zona rural do município. A assinatura do termo ocorreu no gabinete do prefeito Clenilton Carlos Pereira, com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Manoel Pereira, do empresário Waldemiro Armindo Veiga e demais autoridades.

O projeto prevê uma ponte com 55 metros de extensão, saindo do fim da Rodovia Ipiranga, atrás da montadora BMW — no Km 65 da BR-101, até o acesso à Estrada Geral do Guamiranga. A obra, orçada em cerca de R$ 600 mil, deverá facilitar o acesso de carros e pedestres à região. 

Hoje, para chegar à localidade, os motoristas precisam seguir pela rodovia BR-280 e percorrer cerca de 15 quilômetros por uma via não pavimentada. Com o novo acesso, esse percurso deve ser reduzido em, pelo menos, meia-hora.  

O prefeito observou que uma obra como essa, em meio ao cenário de escassez de recursos públicos, será boa para região porque vai facilitar o escoamento da produção de arroz e desenvolver a atividade rural e econômica no município. “Será uma das principais alternativas de mobilidade urbana para o bairro Guamiranga, trazendo aos moradores mais qualidade de vida e desenvolver o comércio local”, disse. 

De acordo o secretário de Desenvolvimento, o país sinaliza para que parcerias entre o setor público e privado sejam cada vez mais frequentes. “Esse é o caminho para o desenvolvimento de cidades e estados. É dessa maneira que vamos dar mais eficiência e eficácia na gestão de obras e espaços públicos”, disse. 

Esta também é a opinião do Veiga. Para ele, investimentos privados em obras públicas elevarão o potencial de Araquari crescer e atrair novos empresários. “Estou muito feliz em poder contribuir com a cidade que escolhi para investir e gerar empregos”, conta o executivo, que está desde a década de 60 no município. “Vamos trabalhar sempre para potencializar o desenvolvimento da região”, concluiu. 

A previsão é de que a obra inicie em duas semanas e fique pronta em até 120 dias.

Download das fotos em alta resolução
Carregando