Secretaria de Habitação define as próximas ações na área de ocupação irregular, no Centro de Araquari

Por Secretaria de Governo e Comunicação
24/01/2017 15:17
Na manhã de hoje (24), a equipe da Secretaria de Habitação e da Procuradoria do Município esteviram reunidas, no auditório da Prefeitura, com  10 famílias que se encontram em situação irregular, ocupando uma área de aproximadamente 238 mil metros quadrados, localizada na lateral da rua João Luiz Filho, no Centro de Araquari. As pessoas que estiveram presentes na reunião fazem parte de uma comissão organizada dentro da área de ocupação.
 
A reunião aconteceu para informar as famílias sobre as próximas ações na área que atualmente pertence à União. “Existe , na Justiça Federal, uma Ação Civil Pública referente a área de ocupação irregular. Essa área pertence a União, mas, o objetivo é de que no futuro possa ser doada para a Prefeitura para que nós possamos desenvolver um projeto habitacional para as famílias em situação de vulnerabilidade social e baixa renda”, comenta o secretário Gilmar Senes. 
 
Segundo ele, a próxima ação da Secretaria de Habitação será a colocação de cerca, delimitando a área que já foi ocupada para evitar uma expansão maior dessa ocupação irregular e também a colocação de placas que informam que a área é de preservação ambiental. “Hoje o que percebemos no local é que existe o crime ambiental e nosso desejo é conter tanto as ações de ocupação irregular, como essas ações de crime contra o meio ambiente. Assim, quem não cumprir a lei será responsabilizado”. 
 
Quanto às famílias que já estão no local, a partir de amanhã (25), a equipe da Habitação também estará iniciando um recadastramento onde irá verificar quais delas se encontram realmente em situação de vulnerabilidade social para que após conter a expansão da ocupação irregular e tramitar o processo da União na justiça, seja possível encaixar as famílias carentes em programas habitacionais.  “Nós estamos tentando de alguma forma organizar essa situação em benefício das pessoas que estão lá e realmente precisam, e em benefício da própria cidade. Porque evitando essa expansão e liberando essa área, buscaremos recursos para dar início ao projeto habitacional, que com certeza vai beneficiar muitas famílias carentes da cidade”, diz Gilmar. 
 
A estimativa da Secretaria de Habitação é de que no local existam em média 240 famílias. 
 
Contato Imprensa: 
Jaqueline Ronsani
Gerente de Comunicação
Prefeitura de Araquari
(47) 3447 7838 | (47) 8462 5506
comunicacao@araquari.sc.gov.br
Download das fotos em alta resolução
Carregando