Famílias recebem chave das casas do projeto Cohab

Por Departamento de Comunicação
28/08/2015 10:11
Tremor de mãos, olhares atentos e expressão de ansiedade estava no rosto de Elizete Antônio Monteiro e das outras 20 famílias que aguardavam a entrega das chaves de suas casas realizada ontem (27), no Auditório da Prefeitura de Araquari. Ali eles não recebiam apenas o imóvel, mas, começavam uma vida nova. 
“Eu já passei em três casas e estava morando com a minha sogra. Estou muito ansiosa para entrar na minha casa, passar um paninho nos vidros, começar a cuidar dela. Essa casa é a realização de um sonho e vai mudar por completo minha vida”, diz emocionada. Agora Elizete, o marido e os filhos têm um cantinho apenas deles para morar.
 
Maria Raquel Sampaio compartilha do mesmo sentimento. “Eu pagava aluguel e agora tudo muda. É bom demais”, comenta. 
As casas fazem parte do projeto Cohab que teve início em 2012 em Araquari e aconteceu por meio de uma parceria entre o Governo do Estado, a Companhia de Habitação de Santa Catarina (Cohab), a Prefeitura e a Secretaria de Habitação. 
 
De acordo com o prefeito, João Pedro Woitexem a entrega das casas foi um momento de realização não só para as famílias, mas para a Prefeitura. “Hoje essas famílias recebem um lar e nosso único desejo é que elas possam ser felizes. É uma grande satisfação para nós ver que podemos contribuir para essa felicidade”, diz.
 
As famílias contempladas com as casas foram dos bairros Centro, Porto Grande e Itinga. O projeto consistiu na construção de 21 casas sem custo para os moradores e o investimento foi de R$556 mil reais, sendo R$525 mil pelo Ministério das Cidades e R$31 mil pela Prefeitura. 
 
Cada casa possui 42,72 metros quadrados planejados e pensados sobre a acessibilidade. “As casas contém um banheiro, dois quartos, uma cozinha e uma lavanderia”, informa Sidnei da Conceição, secretário de Habitação. 
 
Segundo ele, em 21 anos de serviço público, sendo apenas 1 ano e meio como secretário, o dia de ontem foi o melhor momento que pode presenciar e fazer parte. “Foi muita emoção. A gente fica muito feliz em poder ajudar a proporcionar um pouco de dignidade para essas famílias, em poder dar um pouco de felicidade”, diz.
A construção das casas foi totalmente gratuita, só foi necessário que a moradora possuísse o terreno e o deixasse preparado para receber a construção. A seleção das famílias também deveria atender alguns requisitos como estar em situação de risco e ser a mulher a proprietária do terreno. 
 
Atualmente, a Secretaria de Habitação possui 700 famílias na lista de espera por moradia, contudo, os investimentos em habitação não devem parar por aí. De acordo com o secretário, a Prefeitura e a Secretaria da Habitação já estão elaborando um novo projeto e se tudo seguir como o desejado, pode contemplar 250 famílias. 
 
Contato Imprensa: 
Jaqueline Ronsani
Gerente de Comunicação
Prefeitura de Araquari
(47) 3447 7775 | (47) 8462 5506
comunicacao@araquari.sc.gov.br
 
 
Download das fotos em alta resolução
Carregando